Paróquia São Sebastião lança campanha de doação para reforma da Igreja Matriz, em Matinha

Igreja Matriz da Paróquia São Sebastião, em Matinha. Foto: Reprodução Redes Sociais.

MATINHA – A Paróquia São Sebastião em Matinha está com uma campanha para angariar recursos que serão investidos na reforma da Igreja Matriz e recuperação do seu telhado e piso que está em reforma. A Igreja é um dos templos católicos mais importantes e tradicionais da cidade.

CURTA NOSSAS REDES SOCIAIS

“Primeiro esclareço que o piso não foi quebrado, mas retirado e está guardado. O mesmo com o passar do tempo se deteriorou e se encontra fragilizado. O piso estava se quebrando. E em várias partes já estava em desnível e afundando”, explica o Padre Joaquim Alves pároco da Paróquia São Sebastião.

Paróquia São Sebastião lança campanha de doação para reforma da Igreja Matriz. Foto: Divulgação.

Há, contudo, resistência quanto à retirada do piso pelo alto valor histórico do mesmo, “seria correto vê o piso se quebrando e o chão afundando sem fazer nada?”, questiona o religioso. Segundo o Pe. Joaquim Alves será preservado o máximo do piso original durante a reforma.

Sobre o telhado, com o passar do tempo, as telhas desceram e há goteiras, segundo a nota divulgada, “o ponto d’água está errado e precisa ser corrigido e ser colocada outra telha mais resistente”, alegou.

Pe. Joaquim chama a atenção também de grupos que realizam visitas e convocam reuniões secretas para se mobilizar contra a reforma, “cuidado para vocês não serem usados pelo diabo. Cuidado para vocês não serem corrompidos e serem manipulados”, alerta. O religioso explica ainda que qualquer esclarecimento basta procurá-lo para tirar qualquer dúvida em relação à reforma e outros temas.

Pe. Joaquim ressalta que “não basta abrir a boca e falar, nossa Igreja têm muitas deficiências e ainda falta muito para evoluirmos, mas vamos conseguir”, e faz um apelo. “A você meu caro paroquiano (a) que está lendo esta mensagem e que de fato ama a Igreja, venha ajudar e seja uma pedra viva na obra. A Casa de Deus também precisa ser aconchegante e um ambiente propício. Se nós reformamos nossas casas, se nós reformamos nossas vidas, por que a casa de Deus não pode ser reformada?”, conclui.


Curta a página do Portal Matraca no Facebook, siga-nos também no Instagram Twitter, e acompanhe-nos também no LinkedIn. Informações e sugestões de reportagens, envie para o nosso WhatsApp: (98) 98512-7130.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here